Time Estácio terá oito atletas nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Instituição de ensino estará muito bem representada no maior evento esportivo do planeta com atletas no tênis, ginástica artística, judô e basquete

Daniele Hypolito
Daniele Hypolito

O Time Estácio terá oito atletas na delegação brasileira que vai disputar os Jogos Olímpicos Rio 2016 e que foi anunciada nesta segunda-feira, dia 18, pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). A plataforma de esporte da instituição de ensino, que conta com mais de 300 esportistas em diversas modalidades, será muito bem representada no maior evento esportivo do planeta.

O tênis é o que conta com mais representantes, quatro no total: Bruno Soares, Teliana Pereira, André Sá e Paula Gonçalves. Daniele Hypolito vai participar da competição de ginástica artística. PopoleMisenga e YolandeBukasa, dois atletas refugiados do Congo, estão confirmados no judô. No basquete, o ala Marquinhos fecha a lista de convocados do Time Estácio.

“Me sinto muito honrado de poder representar o Brasil em uma edição de Jogos Olímpicos. Além disso, é gratificante poder também representar a Estácio, uma instituição que dá um apoio imensurável aos atletas, dando essa oportunidade de estudar e ter um futuro depois da carreira esportiva”, disse Bruno Soares.

Ele irá disputar as duplas masculinas com Marcelo Melo. Teliana Pereira compete na simples feminina e nas duplas ao lado de Paula Gonçalves. André Sá formará dupla com Thomaz Bellucci e disputará sua quarta edição consecutiva de Jogos Olímpicos.

“Estou muito feliz por participar dessa edição dos Jogos Rio 2016. Vai ser minha primeira olimpíada e vai ser muito bom jogar ao lado da Paula Gonçalves que também é do Time Estácio! É uma honra poder fazer parte dessa instituição e espero obter um excelente resultado”, afirmou Teliana Pereira, que foi medalha de bronze no Pan-2007, no Rio de Janeiro.

Daniele Hypolito também vai para sua quarta Olimpíada. A ginasta esteve presente nos Jogos de Sydney-2000, Atenas-2004 e Pequim-2008. Os dois atletas estrangeiros do Time Estácio, PopoleMisenga e YolandeBukasa vão lutar nas categorias até 90kg e até 70kg, respectivamente. Atleta do Flamengo e MVP da última temporada do NBB, Marquinhos representará a seleção brasileira em busca de uma medalha de ouro inédita para o basquete do Brasil, que já conquistou três bronzes olímpicos e terminou na quinta colocação nos Jogos de Londres-2012.

Apoiador Oficial dos Jogos Rio 2016, a Estácio também vai atuar fora de campo. A instituição de ensino é pioneira na seleção e capacitação da força de trabalho para os Jogos Olímpicos. Ao todo, 120 professores serão responsáveis pela preparação de 50 mil voluntários, 6 mil colaboradores e 85 mil contratados terceirizados do Comitê Rio 2016, por meio de aulas presenciais e online que fazem parte do portfólio de soluções corporativas da Estácio.

Sobre o programa Estácio no Esporte

O programa Estácio no Esporte existe desde 2013 e é um dos pilares do Programa de Responsabilidade Social Corporativa da instituição, ao lado de Cultura, Cidadania e Escola. São mais de 300 atletas patrocinados e apoiados por meio de bolsas de estudo,  envolvimento na promoção de alguns dos principais eventos esportivos do Brasil, bem como parceria com diversas ONGs e instituições esportivas. A Estácio também é signatária do Pacto pelo Esporte.

Gustavo Kuerten é o embaixador do programa Estácio no Esporte, que conta com atletas como Adriano Mineirinho (surfe), Bruno Soares (tênis), Teliana Pereira (tênis), Barbara Leôncio (atletismo), Laís Souza (ginástica), Daniele Hypolito (ginástica) entre outros. Presente nos Jogos Rio 2016, a Estácio é a primeira instituição de ensino apoiadora olímpica e, por meio de sua área de soluções corporativas, foi a provedora dos serviços de seleção e capacitação dos 140 mil voluntários e 6000 colaboradores dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.