7 hábitos saudáveis para uma vida longa

Em comemoração ao Dia Nacional da Saúde, professora da Estácio dá dicas para melhorar a qualidade de vida a longo prazo

Sue Christine
Sue Christine

Viver mais e com saúde: eis um objetivo comum entre tantos brasileiros. Mas será que a prática dos hábitos saudáveis realmente tem sido prioridade para a população? Em comemoração ao Dia Nacional da Saúde, celebrado anualmente no dia 05 de agosto, a professora de Enfermagem da Faculdade Estácio, Sue Christine, relembra a importância do tema e o quanto os cuidados com o corpo ajudam a obter uma melhor qualidade de vida a longo prazo.

Mesmo diante de tantos desafios enfrentados no dia a dia, é possível encontrar um espaço na agenda para cuidar de si, com o foco nas expectativas para o futuro. Pensando nisso, Sue pontuou sete hábitos essenciais para se ter uma vida longa e saudável:

1 – Alimente-se bem

Aposte em alimentos saudáveis, com maior teor nutritivo, livres de conservantes, corantes e excesso de açúcar e sódio. Com esses itens no cardápio, é possível evitar doenças cardiovasculares, pressão alta, diabetes, colesterol alto, e muitos outros sintomas indesejados;

 

2 – Estimule sua mente

Realizar atividades que fortaleçam a memória é fundamental para melhorar a capacidade de atenção e raciocínio, além de prevenir e combater o declínio cognitivo e doenças degenerativas, como o Alzheimer;

3 – Trabalhe com o que gosta

Unir prazer ao trabalho diário aumenta as chances de felicidade, qualidade de vida, além de resultar no aumento da produtividade e, consequentemente, no retorno financeiro;

4 – Faça exercícios

A prática de atividade física acelera o metabolismo, melhora a postura e o sono, fortalece o sistema imunológico e evita doenças como câncer, osteoporose, diabetes, dentre outras. O mais indicado é contar com o acompanhamento de um profissional da área;

Hábitos saudáveis

5 – Descanse

Por menor que seja o tempo, relaxe, medite, leia um livro ou assista a um bom filme, pois essas práticas trazem muitos benefícios mentais, como diminuir a tensão do dia a dia;

6 – Aprenda a perdoar

Não odeie ou tenha raiva de pessoas ou situações. Perdoar traz alívio e paz ao coração;

7 – Conte com a ajuda de profissionais

Realize consultas e exames periodicamente ou quando for necessário.  No caso de sintomas estranhos e repentinos, procure profissionais para fazer o diagnostico.