Oftalmologista Leonardo Reis é o novo presidente do Conselho Regional de Medicina de Goiás

Posse acontece nesta quinta-feira (02). Principal objetivo da nova diretoria é capacitar gestores municipais e garantir uso eficiente  dos recursos públicos

Goiânia, 01 de fevereiro de 2017 – Com foco em melhorar a qualidade do atendimento prestado aos usuários do SUS e oferecer capacitação aos gestores municipais visando a gestão eficiente de verbas públicas, toma posse nesta quinta-feira (02) o novo presidente do Cremego (Conselho Regional de Medicina de Goiás), Leonardo Mariano Reis. Eleito para um mandato que vai até outubro de 2018, o médico já ocupou vários postos de gerência na saúde pública, foi presidente da Cooperativa dos Oftalmologistas, comandou o Sindicato dos Médicos de Goiás e já esteve na diretoria do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

Atento ao tipo de serviço oferecido aos usuários do Sistema Único de Saúde, Leonardo Reis afirma que é função do Cremego fiscalizar a qualidade do atendimento, deixando claro que esta será uma ação constante do Conselho.  “Não é difícil notar a falta de cuidados básicos na assistência disponível na rede pública de saúde. Nesse sentido, estaremos vigilantes. O Cremego vai intensificar as apurações de denúncias e logo anunciará medidas para ficar mais próximo da população. A comunidade precisa entender que estamos aqui para corrigir o que for necessário e cobrar de quem for preciso, dentro daquilo que for de nossa competência”.

Qualificação dos gestores públicos

Também presente no cronograma de trabalho estabelecido pela nova diretoria do Cremego, a capacitação dos secretários municipais de saúde é outra bandeira da nova gestão. De acordo com Leonardo Reis, falta informação e qualificação para que os gestores de saúde realizem com eficiência os trabalhos da pasta. “O Cremego atuará junto aos municípios para oferecer atualizações, explicar detalhadamente o funcionamento da rede e apresentar planos que garantam que os recursos públicos sejam administrados com eficiência. Já começamos a fazer isso na semana passada quando chamamos aqui todos os secretários do interior e mostramos a eles como elaborar bons projetos a fim de captar mais verbas federais”. O médico enfatiza que é “inconcebível ouvir relatos de mortes por falta de leitos de UTIs ou atendimento médico sabendo que alguns casos poderiam ter sido evitados se houvesse bom planejamento e boa administração”.

Interior

Além de oferecer capacitação gratuita aos gestores do interior, o Cremego vai intensificar  o diálogo com os municípios a fim de garantir que os pacientes dessas cidades tenham acesso aos mesmos tratamentos disponíveis na capital. “Sempre foi uma luta das entidades médicas a descentralização do atendimento. Estamos capacitando os secretários de saúde municipais para que as regionais disponibilizem a mesma assistência que é encontrada em Goiânia. Após a capacitação, o Cremego vai poder cobrar continuamente das autoridades a descentralização dos atendimentos, para que não haja somente a prática da “ambulancioterapia”, ou seja, o município utilizar uma ambulância para levar o paciente até outra cidade que ofereça um atendimento de qualidade que ele mesmo poderia ofertar”, revela Reis.

Sobre Leonardo Mariano Reis

Leonardo Mariano Reis é médico formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás), especialista em oftalmologia com residência na Fundação Banco de Olhos de Goiás e possui título de especialista emitido pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia / Associação Médica Brasileira. É mestre em Genética pela PUC-GO (Pontifícia Universidade Católica), doutor em Ciências da Saúde pela UFG e pós-graduado Diplôme D’ Université Microchirurgie Ophtalmologique pela Universidade de Paris V – René Descartes. Especialista em Gestão e Auditoria de Sistemas de Saúde, esteve na Diretoria de Regulação, Controle e Avaliação da Secretaria de Saúde de Aparecida em dois mandatos. Foi presidente do Simego (Sindicato dos Médicos no Estado Goiás) por dois mandatos; presidente da Cooeso-GO (Cooperativa Estadual de Serviços em Oftalmologia de Goiás) por dois mandatos e presidente do Instituto Francisco Ludovico. Ocupou os cargos de primeiro secretário do CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia) entre 2013 e 2015 e de conselheiro do Cremego (Conselho Regional de Medicina de Goiás) por dois mandatos, onde também exerceu a segunda vice-presidência e a primeira vice-presidência.

Sobre o Cremego

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) é uma autarquia federal criada em 30 de setembro de 1957 (lei nº 3268/57) para normatizar e fiscalizar o exercício da medicina, zelando pelo respeito à ética médica e pelo bom atendimento à população.

Além do atendimento na sede do Conselho, médicos e moradores do interior do Estado contam com o trabalho das 11 Delegacias Regionais do Cremego instaladas em Anápolis, Catalão, Ceres, Formosa, Goiás, Iporá, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Mineiros e Rio Verde.

 

SERVIÇO

Evento: posse da nova presidência do Cremego

Data: 02/02/2017 (quinta-feira)

Horário: 20h00

Local: área de eventos do Cremego – Rua T-27 nº148, Setor Bueno.