Coluna PraComer – Croasonho inaugura primeira unidade em Goiânia

Na última sexta-feria, 20, Goiânia ganhou uma opção gastronômica muito especial, a Croasonho – única rede especializada em croissants recheados do país. Inaugurada em um espaço com 250m2 dividido em três ambientes – salão, deck e brinquedoteca – a operação tem capacidade para atender a 103 pessoas com total conforto. São mais de 40 opções de croissants doces e salgados, uma linha de pratos executivos, saladas, outras sobremesas e novidades da marca como o Croasonho do Chef por Felipe Bronze, sabor criado em uma ação de co-branding com a Polenghi, que combina peito de frango ao curry, creme de ricota com limão, alho poró e rúcula.

Croasonho de Filé Cinco Queijos

Uma das coisas mais incríveis foi a marca comemorar a abertura da unidade premiando os 50 primeiros clientes que chegarem ao espaço no dia da inauguração com seis meses de Croasonho grátis, #pensanafelicidade. Além disso, centenas de vouchers foram sorteados com desconto de 50% ou cafés e milk-shake grátis. De acordo com a franqueada Thais Freitas, as expectativas para a primeira unidade da Croasonho em Goiânia são as melhores possíveis. “Trouxemos para a região uma franquia que já é sucesso no Brasil e que promete muito para essa cidade. Não somos fast food e oferecemos produtos diferenciados e atendimentos únicos. Esses diferenciais conquistarão nosso público”, afirma.

Croasonho de brigadeiro de panela

 

Sobre a Croasonho

Fundada em 1997 com o nascimento da receita do Croasonho, a marca potencializou-se no mercado gastronômico destacando-se por Croasonhos artesanais com massa crocante e recheios surpreendentes. Vislumbrando difundir e expandir o negócio, em 2009 foi criado o sistema de franchising, que remodelou a empresa e a fez expandir rapidamente entre as principais cidades do Brasil. Com seu modelo de negócio inovador, a rede já soma mais de 73 lojas em 17 estados brasileiros e milhares de #croalovers apaixonados pela marca.

Nathan Sampaio

Mato-grossense, 24 anos, criador e editor do Midiacult e jornalista. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Mato Grosso decidiu, depois de ser vendedor, projetista, assessor, social media, diagramador e web designer, que também queria um site. E tá aí, o Midiacult pra vocês.