OVG apoia mais de 400 entidades filantrópicas em Goiás

Assistência contribui para melhoria de qualidade de vida de crianças, adolescentes, idosos, dependentes químicos, pessoas doentes e economicamente vulneráveis

diretores da OVG repassam alimentos à representantes do Departamento de Captação da Casa de Eurípedes. Crédito da foto: Aline Cabral

Valendo-se de sua histórica experiência na área social, a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) realiza atendimento que contempla milhares de pessoas. Hoje, 409 entidades filantrópicas, de todo o Estado, estão credenciadas na OVG, recebendo auxílio no desenvolvimento de suas atividades.

A presidente de honra da Organização, Valéria Perillo, ressalta que parceria e solidariedade são lemas da instituição e provam seu acerto em apoiar as entidades sociais que levam adiante a missão de contribuir para o conforto dos que constituem o elo mais frágil da sociedade: Com mais de 3 milhões de atendimentos por ano, a OVG proporciona benefícios a crianças, jovens, adultos, pessoas com deficiência e idosos.

“Sabemos dos desafios e das dificuldades, mas cada obstáculo é também uma oportunidade de aprendizado e transformação nesta busca constante que temos por mais cidadania e dignidade para as pessoas menos favorecidas”, diz Valéria Perillo. Ela completa: “É uma alegria para todos nós da OVG colaborar com as instituições sociais e ver o resultado deste trabalho que exige tanto amor e dedicação ao próximo”.

Apoio fundamental

          Captador de recursos da Casa de Eurípedes, Allan Paiva de Queiroz Borges, destaca a importância desta parceria para as entidades filantrópicas. “Os alimentos que nos são doados pela OVG representam uma ajuda muito importante. O que gastaríamos com compra deles podemos investir em outras necessidades de nossa casa”, diz.

            A Casa de Eurípedes fica na região Sudoeste de Goiânia e atende pessoas com transtornos mentais e dependentes químicos em reabilitação, oferecendo serviços ambulatoriais (psiquiatria e psicoterapia) e internações hospitalares (hospital-dia e integral). Atualmente, são mais de 300 pacientes que recebem cinco refeições ao dia. A Casa de Eurípedes também mantém um colégio, com 250 alunos matriculados na Educação Infantil e ensinos Fundamental e Médio. “A doação de alimentos que a OVG nos faz contribui, e muito, nas refeições que oferecemos para todas essas pessoas”, finaliza Allan Paiva de Queiroz Borges.

           Entre as entidades credenciadas na OVG também está a Vila São José Bento Cottolengo, hospital filantrópico localizado em Trindade. Nos últimos anos, a Organização das Voluntárias de Goiás já repassou toneladas de alimentos para a entidade, itens de higiene pessoal e outros benefícios. O diretor administrativo da instituição, padre Everson de Faria Melo, lembra que a parceria é antiga. “A OVG tem uma longa trajetória de assistência social e tem sido uma grande benfeitora do nosso trabalho. As histórias das duas instituições se misturam”, diz o padre.

              Em período integral, a Vila presta assistência a 365 pacientes com deficiências múltiplas e realiza cerca de 2.400 atendimentos ambulatoriais diariamente. Na parte ambulatorial, oferece mais de 20 especialidades médicas. Com 66 anos de história, a entidade tornou-se hospital referência no tratamento de pessoas com deficiência. Atualmente, atende pelo SUS pacientes de Trindade e mais de 130 cidades conveniadas.

            “Realizar um trabalho tão grande só é possível com a ajuda de parceiros. E a OVG é uma aliada não só para a Vila, mas para muitas outras instituições filantrópicas de todos o estado de Goiás. Sem essa parceria, acredito que seria difícil muitos projetos sociais funcionarem”, frisa o padre Everson de Faria Melo. A OVG já recebeu por três vezes a prêmio “Parceiro do Bem”. A iniciativa é da Vila São Cotollengo e homenageia parceiros que fazem parte do projeto Empresas do Bem, cuja proposta é mobilizar recursos para custear atividades de Saúde, Educação e Assistência Social voltadas aos pacientes da instituição.

             O diretor Geral da OVG, major Augusto Tavares, diz que cada vida preservada e cada perspectiva promissora que representa esperança são estímulos para que a OVG prossiga em sua jornada de trabalho. “Ao auxiliarmos as instituições filantrópicas de Goiás estamos contribuindo para uma sociedade mais justa. É um privilégio servir aos que mais precisam. E fazemos isso com satisfação, dedicação e amor”, diz.

     Consultoria

           Assistentes sociais da OVG ainda prestam consultoria a entidades filantrópicas com o objetivo de auxiliá-las na captação de recursos. A Organização as ajuda a mapear chamamentos públicos e editais de empresas privadas que queiram investir em responsabilidade social, por exemplo.