Era uma vez – Uma noite de Natal com Kell Smith

Cantora e compositora se apresenta em Goiânia com hits da carreira e releitura de clássicos

Um dia antes da noite de Natal a cantora Kell Smith, dona do hit “Era uma vez”, faz apresentação na capital. Inspirada no clima natalino a compositora presenteará o público com músicas autorais e releitura de clássicos da MPB, no dia 23 de dezembro, a partir das 17 horas. O local escolhido foi o All Week Food Park.

Revelação do ano, a cantora mistura MPB, R&B, reggae, rap e hip-hop, em suas músicas. Com um setlist variado, Kell traz para Goiânia seu jeito irreverente e um repertório que passa por Elis Regina, Nando Reis, Roberto e Erasmo Carlos, e Mutantes.

As músicas autorais e que são sucesso nas plataformas também estão inclusas no repertório da jovem. O hit “Era Uma Vez”, “Respeita as Minas”, “Meu Lugar”, “Viajar é Preciso”, “Nossa Conversa”, “Sete Galáxias” e “Coloridos”. Sem contar eventuais surpresas que o público pode esperar.

Sucessos

Hoje com 24 anos, Kell Smith, ganhou o gosto popular e ficou por um mês consecutivo com um de seus hits em primeiro lugar nas paradas de sucesso, segundo a Billboard Brasil. “Era Uma Vez”, música que fala de saudade, nostalgia e inocência da época de criança, foi a mais toca entre os dias 30 de outubro e três de novembro, desbancando “Is That For Me”, de Anitta e Alesso que ficou em segundo lugar e Luis Fonsi, Daddy Yankee e Justin Bieber, em terceiro lugar com o hit “Despacito”.

Outra faixa de sucesso é a engajada “Respeita as Minas”. Considerada um “hino feminino” a música foi lançada no Dia Internacional da Mulher e busca combater o assédio vivido diariamente pelas mulheres. A canção de refrão forte “Já passou da hora de aprender, que o corpo é nosso, nossas regras, nosso direito de ser” ganhou clipe e teve participações especiais de Astrid Fontenelle, Luiza Brunet, Luiza Possi, e Fabi Bang.

As autorais “Meu Lugar” e “Viajar é Preciso” passeiam entre o lado suave e agressivo dos tons alcançados por Kell. Cordas, violão, piano e MPB dão igualmente o tom da primeira e a letra remete trajetória da cantora. A segunda mostra o lado ‘rapper’ da jovem e foi a música que abriu as portas com o renomado Rick Bonadio, que depois de ouvir a canção logo a convidou para fazer parte de sua produtora, a Midas Music.

Conheça Kell

Filha de um pastor missionário, Kell acompanhou durante a infância o pai na trajetória de levar roupas, alimentos e palavras de fé a quem precisava. Vivendo de maneira itinerante por alguns anos, a cantora vivia inserida no mundo da música gospel, no qual baseava sua referência musical.

Até que dos 11 para os 12 anos, seu pai apareceu com um disco de Elis Regina, o clássico “Falso Brilhante” e uma vitrola que tinha encontrado abandonada na rua. Assim que a agulha tocou no vinil e Kell ouviu o timbre forte de Elis ela se apaixonou, e desde então tem a cantora com sua principal inspiração.

O jeito diferente de cantar foi que levou Kell para os microfones. O pai e o meu melhor amigo a incentivaram a entrar na carreira artística usando o argumento que seu jeito de cantar era “estranho”. Era aquele jeito de cantar em casa, aquela forma casual, sem amarras.

E foi nos barzinhos de Presidente Prudente, interior de São Paulo, que a cantora soltou a voz por um ano, antes de conhecer Rick Bonadio e o Midas Music. Depois de conhecer o produtor a carreira deslanchou e ela lança seu primeiro EP em Março/17, com quatro canções autorais, enquanto grava o disco de estreia.

||Serviço||

O que: Show de Natal: Kell Smith

Onde: All Week Food Park

Quando: 23 de dezembro de 2017

Horário: 17 horas

Classificação: 16 anos

Ingressos:

– Pista: R$ 30,00

–  Mesa Verde (4 lugares): R$ 300,00

–  Mesa Azul (4 lugares): R$ 400,00

*Ingressos mesa inclui uma garrafa de espumante Cazzari.

Pontos de Vendas:

– All Week Food Park

– Rival Calçados

– Tribo do Açaí

Vendas online:

– Bilheteria Digital