Goiás ganha serviço de consultoria de moda delivery inédito no Brasil

Upperbag atende homens, mulheres e crianças com combinações de roupas, acessórios e cosméticos entregues em casa gratuitamente

Encarar um mar de roupas de infinitos modelos e tamanhos nas araras de lojas, até encontrar algo que sirva e combine com o estilo de roupa, exige muita disposição até encontrar o look perfeito. Para quem não gosta – ou tem preguiça – dessa situação, fazer isso periodicamente para manter o guarda-roupas atualizado é um pesadelo.

Para acabar com esse problema, a UPPERBAG, serviço de personal stylist delivery, entrega uma bolsa na casa do cliente com 30 itens de vestuário, acessórios e cosméticos de acordo com o manequim e o estilo que a pessoa tem ou quer ter. O cliente pode provar e testar os itens no conforto de casa e escolher sem pressa (e sem lidar com vendedores intrometidos). Os itens que agradam vão direto para o armário e os que não agradam voltam para a mala que é recolhida por um motoboy após 3 dias.

O envio e o recolhimento da mala é gratuito e o cliente só paga pelas peças que quiser comprar. Se não gostar de nada (o que é raro), não paga nada. Para receber a bag, como é chamada a mala com as peças, só é preciso preencher um cadastro no site, indicando os tamanhos e estilos das roupas e acessórios que deseja receber. Logo após, os stylists da Upperbag entram em contato para tirar dúvidas via Whatsapp e analisam as fotos e comportamento do cliente no Facebook e Instagram. “Muitas vezes, quando o cliente responde ao questionário, ele imagina a pessoa que ele quer ser e não quem ele é realmente. E isso pode fazer com que ele não goste dos produtos que vamos enviar. Com o acesso ao Facebook, pretendemos buscar uma imagem real dele para trabalharmos”, explica Alexandre Abrahão, idealizador do Upperbag.

As bags são feitas sob medida para homens, mulheres e crianças, e também contam com opções plus size. No portfólio de itens estão inclusos desde sapatos, blazers e casacos, até camisetas informais, camisas sociais e lingeries, que vão acompanhados de linhas completas de cosméticos e acessórios de vários tipos. São mais de 60 marcas parceiras que cobram o mesmo preço praticado em e-commerces e lojas físicas, com a vantagem de experimentar em casa e não pagar o frete. As camisas, por exemplo, variam entre R$ 119 e R$ 299; camisetas entre R$ 49 e R$ 149 e calças entre R$ 89 e R$ 249.

O serviço atende consumidores dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Goiás, Bahia e Mato Grosso do Sul. Além das capitais Porto Alegre, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Belo Horizonte, Salvador, Vitória, Goiânia, Cuiabá e Campo Grande. Para as entregas na cidade de São Paulo e na região metropolitana, não há cobrança de de frete. Nos demais locais, o preço varia entre R$ 49 e R$ 99. “O valor é revertido em crédito e pode ser usado em uma compra futura”, conta Abrahão.

O serviço busca corrigir a principal falha do modelo de negócio de e-commerces, principalmente de roupas – a impossibilidade de se experimentar as roupas antes da compra. Em compras por e-commerce, o cliente não sabe o caimento, tecido e combinações possíveis, aumentando sua insegurança e dissuadindo-o da compra.


A Upperbag já atendeu mais de 3000 clientes e almeja expansão média de 10% ao mês. A previsão da empresa é de alcançar faturamento de R$ 200 mil mensais.